Seguir

O que significa CD, trans e esses outros nomes?

Uma coisa gostosa como o sexo obviamente teria diferentes maneiras de acontecer… ainda mais com essa infinidade de pessoas por todos os lados!

Resolvemos então reservar esse espaço para falar (um pouquinho) de algumas dessas expressões que as vezes confundem as pessoas à medida em que surgem variados nomes e siglas sobre o assunto.

Cada pessoa vive sua sexualidade com suas particularidades: tem seus desejos, fantasias, dúvidas e necessidades em relação ao sexo. E elas não escolhem sentir isso ou aquilo, logo, o primeiro conceito que apresentaremos é o de Orientação Sexual.

Orientação Sexual: Não existe opção sexual. Como dissemos acima, as pessoas não escolhem sentir isso ou aquilo. A orientação sexual refere-se à capacidade de cada pessoa de ter uma profunda atração emocional, afetiva ou sexual por indivíduos de gênero diferente, do mesmo gênero ou de mais de um gênero, assim como ter relações íntimas e sexuais com essas pessoas.

Basicamente, há três orientações sexuais preponderantes: pelo mesmo sexo/gênero (homossexualidade), pelo sexo/gênero oposto (heterossexualidade) ou pelos dois sexos/gêneros (bissexualidade).

Orientação sexual também é diferente de comportamento sexual. Uma pessoa pode ter uma orientação sexual homossexual, mas ter um comportamento sexual heterossexual, por medo de se assumir gay ou diversos outros fatores culturais e sociais, por exemplo.

Alguns conceitos rondam a área da sexualidade e são reproduzidos por aí, mas você sabe o que significam?

Heterossexual: É a pessoa que se sente atraída amorosamente, fisicamente e afetivamente por pessoas do sexo/gênero oposto.

Homossexual: É a pessoa que se sente atraída sexual, emocional ou afetivamente por pessoas do mesmo sexo/gênero.

Bissexual: É a pessoa que se sente atraída sexual, emocional ou afetivamente por pessoas de ambos sexos/gêneros.

LGBT: Sigla utilizada para determinar questões relacionadas à Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

Transexual: Pessoa que possui uma identidade de gênero diferente do sexo designado no nascimento. Homens e mulheres transexuais podem manifestar o desejo de se submeterem a intervenções médico-cirúrgicas para realizarem a adequação dos seus atributos físicos de nascença (inclusive genitais) a sua identidade de gênero constituída.

Transgênero: Terminologia utilizada para descrever pessoas que transitam entre os gêneros. São pessoas cuja identidade de gênero transcende as definições convencionais de sexualidade.

Crossdresser (CD ou cdzinha): É um termo que se refere a pessoas que vestem roupa ou usam objetos associados ao sexo/gênero oposto. Vivenciar a experiência do parceiro ou da parceira é considerado normal e uma ampliação do universo emocional por casais que praticam cross-dressing. E uma pessoa solteira também pode ser crossdresser, pois não se trata apenas de uma experiência sexual, mas de uma experiência humana mais profunda de identificação. Algo como querer "ser" em lugar de querer "ter" ou de se apropriar dos atributos do outro através das formas usuais usadas pelos casais para se apossar do outro.

Quer entender mais sobre estas e outras diversidades sexuais? Acesse o site da ABGLT: abglt.org.br

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 12 de 13
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.