Seguir

O que faço se sofri assédio no Sexlog?

Em tempos de uma comunicação aparentemente tão fluída na internet, parece que algumas pessoas ainda não entenderam como se comportar quando os assuntos são a liberdade do outro, o sigilo de suas informações e abordagens inapropriadas, formando uma combinação explosiva que cria diversos casos de assédio.

Que tipo de comportamento posso considerar como ASSÉDIO?

Algumas situações se tornaram tão comuns que nós tendemos a normalizá-las quando na verdade elas são carregadas de desrespeito e opressão. Aqui fica o nosso primeiro alerta: ASSÉDIO É CRIME. E talvez você não tenha percebido ainda que está sendo assediada. Se percebeu você encontrará aqui algumas dicas de como proceder para se proteger:

São dois os elementos principais que caracterizam o assédio: (1) a conduta de constranger alguém; (2) com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual;

“O núcleo do tipo penal está representado pelo verbo constranger que possui dois significados distintos: (1) Se acompanhado de algum complemento, significa compelir, coagir, obrigar ou forçar a vítima a fazer ou não fazer algo, tal como ocorre nos crimes de constrangimento ilegal (CP, art. 146) e no estupro (CP, art. 213); (2) Se desacompanhado do complemento, como no caso do assédio sexual, o verbo constranger significa incomodar, importunar, insistir com propostas à vítima, para que com ela obtenha vantagem ou favorecimento sexual, existindo, em regra, uma ameaça (não grave) expressa ou implícita relacionada a algum prejuízo para a vítima”.

Constranger, obrigar, forçar a vítima a fazer ou não algo. Isso te parece familiar? Fique atenta para saber se está sendo assediada e o que pode fazer para acabar com isso!

1) Se você está recebendo mensagens insistindo no contato após ter negado uma solicitação para um encontro, está se sentindo incomodada, tendo sua vida atormentada em quaisquer redes que sejam, mesmo as que não são específicas para encontros como Facebook, Instagram e Whatsapp, por exemplo, você pode se proteger, pois

“O assédio sexual é crime formal, que se consuma sem a produção do resultado naturalístico, embora ele possa ocorrer. Consuma-se, portanto, no momento em que o agente constrange a vítima, independentemente da efetiva obtenção da vantagem ou favorecimento sexual visados. A TENTATIVA é possível por se tratar de crime plurissubsistente (costuma se realizar por meio de vários atos), permitindo o fracionamento do iter criminis. É o que ocorre, por exemplo, quando o assédio tenha sido tentado na forma escrita, cuja correspondência, em razão de extravio, chega às mãos de terceira pessoa.”

2) Se você está recebendo mensagens com cantadas e/ou abordagens inapropriadas em suas redes sociais particulares devido ao tipo de conteúdo que você curtiu ou seguiu.

Algumas pessoas ainda não entenderam a liberdade das outras. Se você é maior de idade tem todo direito de consumir conteúdos eróticos e sexuais na internet e fora dela. O fato de você curtir uma página no Facebook ou seguir uma conta no Instagram ou no Twitter com essa temática não dá o direito a nenhum outro seguidor dessas contas ou de qualquer pessoa que visualizou essa sua ação na rede de vir lhe importunar ou te coagir a sair com ele. Tire print da mensagem que receber e denuncie o perfil.

3) Uma pessoa tirou prints de fotos e/ou mensagens suas e está te enviando ameaçando divulgar essas informações publicamente caso você não saia com ela ou não faça algo que ela quer;

4) Uma pessoa vasculhou sua vida e diz saber quem é você, o que você faz na sua vida privada e ameaça entregar conteúdos particulares seus para seu parceiro ou parceira ou para o local onde você trabalha.

Tire prints das mensagens que essa pessoa está te mandando. Certifique-se que nos prints apareçam o número da pessoa (no caso do Whatsapp ou SMS) ou a foto e nome de usuário no caso de outras redes. Eles serão sua prova da tentativa de assédio e da chantagem que está sofrendo e auxiliarão na investigação e rastreamento do criminoso. Registre tudo. Datas e horários das mensagens também são importantes! Mesmo se você tem medo de ser exposta com a denúncia e ainda não decidiu por fazê-la, guarde os prints com você até tomar coragem. Seja rápida, antes que as provas sumam!

Lembre-se: algumas pessoas tentarão te dizer que a culpa é sua, suavizando o comportamento criminoso de quem está fazendo isso com você, mas fique firme e siga adiante para garantir que essa pessoa não faça isso com mais ninguém!

5) Você descobriu que alguém criou um perfil seu com fotos (íntimas ou não) no Sexlog:

Envie os prints solicitando a exclusão do perfil. Nossa Central de Relacionamento resolve chamados de denúncia com prioridade máxima, por isso nossa equipe irá bloquear o perfil imediatamente ao analisar a denúncia e fará os procedimentos para investigar a origem do perfil e excluí-lo definitivamente.

6) Alguém divulgou seu número de telefone no Sexlog ou em algum grupo de usuários nossos e você está recebendo ligações com conteúdo impróprio ou ofensivo.

Pergunte onde a pessoa achou seu número para poder entrar em contato conosco e solicitar a exclusão. Anote todas as ligações (dias e horários) que receber e os números que te ligarem. Passe essas informações para nossa Central de Ajuda junto com seu número para que eles possam varrer o conteúdo e encontrar onde seu número foi divulgado e possam alertar os usuários que tiveram contato com ele de que isso se trata de um crime e também possam responsabilizar a pessoa que divulgou.

A solução é não me fotografar ou não enviar fotos pra ninguém nunca mais?
Não! Nossa sociedade ainda esconde a forma que sente e manifesta sua sexualidade. E infelizmente as mulheres acabam sendo as maiores vítimas disso, tendo sua sexualidade vigiada e julgada. Mas isso não quer dizer que você deva ceder a essa pressão.

O mais seguro a fazer é escolher bem ONDE e PARA QUEM você vai enviar as fotos e vídeos maravilhosos que fizer em seus momentos de prazer e diversão. O tesão pode falar bem alto, mas é muito importante que você se lembre que mesmo parceiros ou ex-parceiros podem te expor, portanto é preciso muita confiança e um trato em relação a isso, ainda mais com desconhecidos.

É preciso que você compartilhe apenas ao se sentir confiante, ao sentir que tem informações relevantes sobre a pessoa e mesmo assim deve escolher fotos e vídeos em que você não possa ser reconhecida em hipótese alguma.

Alguns cuidados na hora de trocar fotos e vídeos em redes sociais de encontros/sexo:

  • cuidado com quadros e porta-retratos na parede
  • atenção ao nome do arquivo enviado
  • edite fotos para não aparecer seu rosto e nem tatuagens que te identifiquem
  • esconda placas de localização, placas de carro ou fachadas de lugares que você costuma frequentar e possam ser facilmente identificados
  • a iluminação além de ajudar a esconder algumas coisas vai acabar ainda dando um ar de mistério e sensualidade ;)
  • a não ser em conversas por vídeo (que você só deve fazer quando já está muito segura com a pessoa e já investigou inúmeras coisas sobre ela), evite áudio, pois você pode ser facilmente reconhecida pela voz

Quem eu devo procurar caso seja vítima de comportamento abusivo por alguém sem noção no Sexlog?

Primeiramente você entra em contato com nossa equipe aqui na Central de Ajuda. Nossos especialistas vão te atender e te auxiliar a resolver isso da melhor forma possível e resolverão o caso evitando que essa pessoa faça isso com outras usuárias da plataforma.

Caso a pessoa esteja te fazendo algum tipo de ameaça e não esteja somente insistindo pra você sair com ela ou te incomodando, no Brasil temos algumas delegacias especializadas em crimes virtuais. Além de entrar em contato conosco para que possamos inutilizar o perfil dessa pessoa, você pode procurar essas delegacias.

Nesse link você encontra a lista de todas elas com endereço e telefone.

Caso você não consiga ser atendida na delegacia de crimes virtuais do seu estado, é preciso seguir algumas orientações para dar andamento em sua denúncia e buscar a punição dos criminosos.

Se a delegacia de crimes virtuais que você procurar não atender crimes de cunho sexual ou assédio, procure o Departamento de Proteção à Pessoa.

Em caso de dúvidas, não hesite em entrar em contato com nossa Central de Ajuda. Nossos analistas lhe auxiliarão com informações para resolução do seu caso. Conte conosco! #mexeucomumamexeucomtodas

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 20 de 20
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.