Seguir

Conteúdo postado em outro site

O Sexlog não poupa esforços no sentido de trabalhar para oferecer sempre a melhor segurança possível ao seu conteúdo.

Nunca estaremos satisfeitos enquanto houver a possibilidade de cópia de conteúdo de nosso portal e para isso estamos trabalhando em oferecer ferramentas que fortalecem a segurança contra cópia de conteúdo, por exemplo o filtro que você pode utilizar para que somente seus amigos e favoritos tenham acesso ao seu conteúdo ajuda bastante.

É importante entender que você tem total liberdade e direito de exigir que o seu conteúdo seja retirado de qualquer portal do qual você não tenha autorizado a divulgação do seu conteúdo.

O que diz o Marco Civil (Marco Civil da Internet – Lei Ordinária 12.965):

Art. 21. O provedor de aplicações de internet que disponibilize conteúdo gerado por terceiros será responsabilizado subsidiariamente pela violação da intimidade decorrente da divulgação, sem autorização de seus participantes, de imagens, de vídeos ou de outros materiais contendo cenas de nudez ou de atos sexuais de caráter privado quando, após o recebimento de notificação pelo participante ou seu representante legal, deixar de promover, de forma diligente, no âmbito e nos limites técnicos do seu serviço, a indisponibilização desse conteúdo.

Na nova lei, a exceção fica por conta de conteúdo de nudez e sexo. Nesse caso, o provedor deve retirar o conteúdo a pedido da vítima. O provedor poderá ser punido caso não retire do ar “imagens, vídeos ou outros materiais contendo cenas de nudez ou de atos sexuais de caráter privado sem autorização de seus participantes quando, após o recebimento de notificação pelo ofendido ou seu representante legal”.
Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l12965.htm

Se você teve conteúdo postado em algum site do qual você não tenha autorizado o primeiro passo é entrar em contato com o portal e exigir a retirada imediata, caso você não tenha o seu pedido atendido deve procurar uma delegacia especializada e formalizar um boletim de ocorrência, as delegacias especializadas em crimes eletrônicos já sabem como agir nesses casos.

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 5 de 5
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

0 Comentários

Artigo fechado para comentários.